No dia 06 de janeiro, foi realizada a apresentação da construção do Compost de Barn na Fazenda Boa Vista, em Ibitirama, Espírito Santo – em parceria com a Coocafé, Cooperativa dos Cafeicultores da Região de Lajinha, MG, (Cliente da Insemina Consultoria e Reprodução Animal).

O Compost de Barn pode ser definido como uma instalação para vacas leiteiras, que é constituído por uma pista de alimentação concretada, cama ampla e ventilada.

O tamanho é definido de acordo com a quantidade de animais. A cama é composta normalmente de serragem, mas para ajudar no processo de compostagem outros produtos podem ser agregados, tais como: palha, sabugo de milho triturado, casca de arroz, casca de soja, dentre outros.

Estes materiais devem ser aerados com grades ou inchadas rotativas, na profundidade máxima de 30cm, no mínimo duas vezes ao dia, com objetivo de promoção a areação da cama, combater micro-organismos indesejáveis e incorporar fezes e urinas – o que impede a formação de pó pelo revolvimento da cama que prejudique o sistema respiratório dos animais.

Dessa forma, os dejetos são incorporados ao material utilizado como cama, proporcionando aumento de temperatura que se dá através da deterioração da matéria orgânica. Este manejo é importante para dar condição da umidade, temperatura, pH, manter a cama seca e controlar a flora bacteriana.

No vídeo abaixo, o trator revira a cama para fazer o processo de compostagem conforme descrito acima. Imagens do Compost de Barn na Fazenda Boa Vista.

 

O Compost de Barn traz vários benefícios ao produtor, entre eles:

1. Aumento na produção de leite;
2. Redução de problemas no casco;
3. Redução de mastites;
4. Redução de gastos com medicamentos;
5. Melhor detecção do cio;
6. E consequentemente melhor rentabilidade.

No evento foi realizado também a remoção de silagem para fornecimento das vacas leiteiras. Feito com trator preparado e adaptado com fresa traseira para realizar a mistura da silagem – conforme vídeo ‘comercial’ abaixo.

 

Vantagens do processo de desensilar:

  1. Reduzir a mão de obra na propriedade;
  2. Remover a parte frontal do silo;
  3. Menor perda de silagem;
  4. Menor desperdício;
  5. Entre outros.

Imagem da distribuição da silagem na Fazenda Boa Vista

No vídeo, também na Fazenda Boa Vista, o trator faz o carregamento e o fornecimento da silagem nos cochos.